LR1

Atualize seu Adobe Flash Player. Clique no botão abaixo.

Get Adobe Flash player

O que você
busca?
BUSCAR
Região
postado em 27/07/2010 às 09h16min

Após vídeo dos seios, outra andradinense cai na internet

Mais uma menina é flagrada em momento íntimo
Da Redação, Flávia Gomes - Andradina
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Foto Ilustrativa
Vídeos de adolescentes viram 'moda' na internet

Na semana passada, um vídeo postado na internet levantou uma questão na qual a sociedade brasileira ainda está em fase embrionária de discussão - o sexo na era digital. O vídeo era de uma adolescente, 16 anos, de Andradina, que a pedido de seu namorado mostrou os seios e os acariciou durante conversa por programa de bate-papo virtual.

Já esta semana, um outro vídeo de uma menina, também de Andradina, choca a sociedade. A garota, uma ex-funcionária do comércio local, aparece fazendo sexo oral, o parceiro não é identificado na filmagem, mas ela, além de praticar o sexo oral, se mostra para câmera, indicando que sabia da gravação.

No primeiro vídeo, a adolescente se mostra receosa em tirar a blusa, aparentando não saber que a imagem estava sendo gravada. Segundo comentários, ela realmente não sabia que o namorado a gravava. Como há um programa, quando instalado no computador, grava as imagens durante vídeo online sem que o outro tenha conhecimento.

Além da exposição das meninas, os autores das postagens dos vídeos incorrem em crime. No caso de crianças e adolescentes, o crime está descrito no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), segundo informou a conselheira tutelar em Andradina, Angélica Duro. A pena pode ser de quatro a oito anos de reclusão mais multa, decorrente do crime de "produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças ou adolescente".

Angélica alerta que as vítimas devem registrar denúncia formal na polícia, no caso de adolescente, o conselho tutelar será chamado para acompanhar o caso. E os procedimentos seguintes serão de apoio na busca pela Justiça, através do rastreamento para descobrir o autor da produção e postagem do vídeo. Já no caso da vítima ser maior de idade, o crime é de exposição de imagem sem autorização.

OUTROS CASOS
Estes não são os primeiros casos na cidade neste ano. O caso que mais chamou atenção foi de uma jovem bancária, filha de um policial, que teve fotos postadas na internet após ter sido fotografada com o suposto amante, durante despedida de solteira. O então noivo, um comerciante, acabou o namoro após a veiculação das fotos. A jovem está processando um veículo da imprensa de Andradina.
Outro caso, ainda este ano, foi de uma jovem de 17 anos que acabou na rede mundial após ir ao motel com um jovem da cidade de Castilho.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional