LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Etc
postado em 3/03/2017 às 11h57min

publicada ontem Dani Souza confessa: 'Não entendo o interesse das pessoas na minha vida'

Ex-Mulher Samambaia fala ainda do casamento com Dentinho: 'Não coloco a mão no fogo, os jogadores viajam muito. Mas ele se mantém na linha'.
Thaís Sant'Anna - EGO
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Dentinho e Dani Souza posam com os filhos (Foto: Reprodução/Instagram)

Aos 36 anos, Dani Souza leva uma vida bem diferente de quando era conhecida por Mulher Samambaia, personagem que encarnou entre 2003 e 2009 no progama “Pânico”. Agora empresária, ela se dedica ao marido, o jogador Dentinho, aos três filhos - Bruno, de 4 anos, e as gêmeas Sophia e Rafaella, de 2 -, às lojas que tem em São Paulo e tenta fazer tudo longe dos holofotes.

“Não sinto nem um pouco falta da fama. Tanto que recebo convites para participar de programas de TV, mas fujo. Não entendo o interesse das pessoas na minha vida, não me acho artista. Aliás, eu era assistente de palco, não artista.”, diz ela, em entrevista exclusiva ao EGO.

Morando em Kiev, na Ucrânia, onde Dentinho joga desde 2011, Dani mantém uma rotina de uma mulher moderna normal. “Estou muito feliz, trabalhando, com meu marido, minha família. Cuido da casa, faço faxina. Lógico que tenho as pessoas que me ajudam hoje, mas não sou dondoca. Sempre trabalhei”, afirma ela, que também está fazendo curso de fashion design: “Quis entrar com tudo na loja depois que comprei, entender todo o processo de produção, desde a costura, o tecido. Adoro essa parte de criação e espero daqui um ano estar fazendo tudo. Sou muito intensa”.

‘Não boto a mão no fogo, mas confio no meu marido’
Casada há quase cinco anos com Dentinho, Dani se derrete ao falar do marido e dos filhos. “Eu e Dentinho combinamos em tudo. Não saímos de balada, porque só de ficarmos juntos em casa já nos completamos, nos bastamos. E ter filho é a melhor coisa do mundo, um amor indescritível”, relata.

Porém, Dani sabe a fama de mulherengo que os jogadores de futebol têm. “Nunca me imaginei casando com um jogador, mas o meu marido é diferente. Lógico que não coloco a mão no fogo, eles (jogadores) viajam muito. Eu sei que alguns têm dois celulares, aprontam mesmo. Mas meu marido, graças a Deus, se mantém na linha”, explica ela, que confia em seu taco: “Eu não aceitaria esse tipo de vida, tem esposas que aceitam. Por isso acho que nossa família vive tão bem, em harmonia. Eu confio muito nele, isso é fundamental. A gente se respeita muito. Se fosse outro jogador de futebol, não casaria”, declara.

Volta ao Brasil e mais filhos
Dani e Dentinho devem ficar pelo menos mais cinco anos na Ucrânia, já que o craque renovou contrato com o time Shakhtar Donetsk. “Mas pensamos em voltar ao Brasil, quem sabe depois”, confessa ela. Se os dois, nesse tempo, aumentarão a família, Dani negou. “Ah, não dá. Ele quer, mas a minha vida está uma loucura”.


Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional