LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Esportes
postado em 18/05/2017 às 21h06min

Juninho já consta do BID e poderá estrear amanhã

Zagueiro que atuava no Coritiba está à disposição de Cuca, que neste fim de semana poupará alguns titulares
DA REDAÇÃO São Paulo
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
DIVULGAÇÃO
Juninho ainda não participou de treino na Academia de Futebol

 O zagueiro Juninho, que recentemente foi contratado pelo Palmeiras, teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF ontem e agora está liberado para estrear pelo clube paulista. O jogador de 22 anos ainda não participou de treino na Academia de Futebol, contudo vinha atuando regularmente no Coritiba e poderá ter sua primeira oportunidade no próximo final de semana, quando o Verdão irá encarar a Chapecoense em Chapecó e poupará os seus titulares para a partida da próxima quarta- feira contra o Atlético Tucuman, da Argentina, válido pela última rodada da Libertadores.
A contratação do atleta formado na base coxa foi realizada para suprir a saída de Victor Hugo, que foi vendido para a Fiorentina. O negócio inclusive contou com a ajuda da Crefisa, que abriu mão da devolução do dinheiro utilizado para comprar Victor Hugo e permitiu que este montante fosse usado na contratação de Juninho.
Juninho passa a ser opção para a defesa do treinador Cuca, que já conta com Yerry Mina, Edu Dracena e Antônio Carlos. Além deles, Thiago Martins e Luan estão no departamento médico após cirurgia. Uma das vantagens do novo reforço do Palmeiras é que ele também pode atuar na lateral-esquerda, setor que conta com Zé Roberto e Egídio e não é unanimidade entre os torcedores.

COPA DO BRASIL
Na estreia na Copa do Brasil, o Palmeiras venceu o Inter por 1 a 0, resultado que permite jogar por um empate para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Após a partida disputada no Palestra Itália, o técnico Cuca elogiou o adversário e tratou de valorizar a vantagem alcançada por sua equipe. "Dentro dos critérios da Copa do Brasil, é indiscutível que, ganhando em casa sem tomar gols, levamos uma vantagem. Mas isso não nos deixa cômodos. Pelo contrário.
Poderíamos ter feito mais um gol, mas também poderíamos ter sofrido um", reconheceu Cuca, preocupado com a vulnerabilidade de seu time nas bolas paradas.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional